sábado, 4 de dezembro de 2010

A espera virginal em tempo de Advento...

Advento é tempo de espera, de preparação para o encontro definivo com Jesus Cristo que há-de vir. É não só preparação para o encontro com Deus na hora em que Ele nos chamar a Si, como, sobretudo, a preparação para a segunda e última vinda do Redentor: a Parusia. A espiritualidade do advento assentará no desejo deste encontro e na consequente vigilância do coração, no derrubar dos fortes e das fronteiras, na contrição e conversão Àquele que É, verdadeiramente, Senhor e Dono do nosso próprio coração.

Para celebrar tão grande Festa - o Natal - é preciso esperar virginalmente o Rei que vem ao encontro da Sua anima sponsa..., a exemplo da Mulher da espera - a Santíssima Virgem Maria -, que pernoitou no silêncio da fé, em perfeito abandono e quietude d' amor. Não entendeu - aceitou - entregou-Se..., guardando tudo e tudo meditando no Seu Imaculado Coração... A Seu exemplo, também nós devemos aguardar a vinda de Cristo Jesus com coração virgem, isto é, com coração despojado, abnegado, temente e amante de Deus Criador. Coração virgem como expressão da unificação de todo o ser no Único e Essencial que é DEUS.

Através da intercessão de tão bondosa Mãe, pela escuta da voz profética de S. João Baptista e pela guarda de S. José, corramos sem desfalecer, peregrinemos leves e alegres no tempo da esperança e cantando incessantemente este cântico de súplica ao nosso Deus e Salvador: Maranathá! - Vem, Senhor Jesus!

6 comentários:

Jorge disse...

Belá e pura é a poesia do significado das palavras deste artigo que pelo menos a mim me fez parar e pensar sobre o significado simbolico deste tempo que vai e vem todos os anos.

Não me querendo alongar queria agradecer o facto de ter encontrado neste blog uma representação pictórica de todas as estações da Paixão, pois desejo construir/pintar uma narrativa da paixão.
Muito obrigado.

Já que estamos no advento desejo-lhe um Santo Natal

Mariam disse...

Seja muito bem-vindo a este espaço, Jorge.

Fico feliz por saber que a leitura deste artigo o convidou a uma santa reflexão. E, se pensarmos bem, todos os dias devem ser "advento" - de espera, de vigilância (ninguém sabe o dia e a hora), de preparação -, e, também, de "natal", pois recebemos Jesus na Santíssima Eucaristia...

... E, de outra forma, recebêmo-Lo na pessoa dos irmãos, e esta dimensão não deve ser ignorada. Em primeiro lugar amar a Deus; Ele no centro do nosso coração. Depois, n'Ele e com Ele, amar os irmãos e, sabemos, amar significa respeitar, ajudar, caridade cristã, numa palavra: dar-se.

Em relação à Via-Sacra, os santos tinham muito apreço pela meditação e contemplação da Paixão do Senhor. Parece já muito corrente, muito banal, mas, na verdade, é fundamental saber e recordar que foi na Cruz que Deus revelou o Seu imenso Amor por nós ao salvar-nos e libertar-nos da escravidão do pecado e da morte...

Boa pintura...

Continuação de um santo e feliz Advento e, também para si, um santo e fecundo Natal do Senhor.

Jorge disse...

Antes de mais muito obrigado pelas palavras agradáveis da resposta ao meu comentário, palavras essas que em si mesmo também abrem, a porta á reflexão.
O que eu pessoalmente mais gostei deste blog, foi sobretudo o convite ao pensar e ao reflectir , coisa rara nos tempos que correm sempre cheios ( ou pelo menos falo por mim) de inumeras questões e informações que por vezes esquecemos o essêncial que se encontra dentro e acima de todos os Homens e que de geração em geração se revela aos homens que desejam ver segundo a sua vontade.

Admito que encontrei este blog numa simples procura de imagens referencias sobre a narrativa da paixão...A paixão sempre foi algo que me marcou, pela profundidade e riqueza de significados desde a dor do Homem ao sacrificio do Divino. Pois mesmo nos longos anos em que me afastei das minhas raizes católicas e me andei por caminhos digamos mais individuais, a narrativa da Paixão pelo seu peso me marcou tanto que um dos meus sonhos de jovem adolescente quando formei com um grupo de amigos uma banda de doom metal,era fazer um album/ maquete sobre a via crucis em que cada tema seria uma reflexão poetica sobre cada estação...Bem a ideia terminou por adormecer num sono sem retorno com a ida para a universidade e enfim como costumo dizer passaram 6 anos e menos um metro de cabelo, que curiosamente cortei um dia antes de receber uma proposta para fazer de Cristo numa recriação.

Lamento já me perdi um pouco em recordações.

Agradeço novamente as suas palavras e um feliz advento e um santo Natal.

Dulce disse...

Olá minha querida
Que esta seja uma espera recheada de vontade de mudar em nós o menos bom e aprofundar o que temos de melhor. Só assim fará sentido o Advento: tempo de mudança. Façamo-lo com a confiança de olhos postos em Maria/nosso exemplo.
Um abracinho

Mariam disse...

Bem, Jorge, o Senhor fez em si maravilhas!, santo é o Seu nome!

Sim, a Paixão de nosso Senhor Jesus Cristo é bálsamo reconfortante e fonte de Amor que estimula a nossa confiança, reconhecida, e o nosso Amor para com tão grande Senhor:o nosso Redentor.

Continuação de um santo e feliz Advento.

E que Nossa Senhora, a Mãe Imaculada, sempre o proteja e guarde.

Mariam disse...

Querida Dulce,

Que alegria ver-te aqui, hoje dia da Imaculada Conceição!

Continuação de um santo e feliz Advento. Seja este tempo de espera vivido com a mesma docilidade de Maria Santíssima.

Abraço em Cristo e Maria!