quarta-feira, 6 de outubro de 2010

S. Bruno, Cartuxo...

Tu, que és meu Senhor,
Tu, cuja vontade prefiro à minha.
Não me é possível contentar-me com palavras
ao apresentar-Te a minha oração.
Escuta meu grito que Te suplica
como um imenso clamor...

Tu, de quem me constitui servo:
Te rogo com insistência
até merecer atingir Teu favor.
Pois não almejo um bem da terra;
não peço mais do que o que devo pedir:
só a Ti...

Tem piedade de mim!
E como imensa é a Tua misericórdia
e grande meu pecado, tem piedade de mim imensamente
em proporção à Tua misericórdia.

Então poderei cantar Teus louvores,
contemplando-Te, Senhor.
Te bendirei com uma bênção
que perdurará ao longo dos séculos;
Te louvarei com o louvor e a contemplação,
neste mundo e no outro,
como Maria, de quem nos diz o Evangelho,
que escolheu a parte melhor.

Amen.

- Oração atribuída a S. Bruno

Fonte: Cartuxa

1 comentário:

Sinais no Mundo... disse...

Eu Te bendigo, ó Pai, (...) porque escondeste estas verdades aos sábios e inteligentes, e as revelaste aos pequeninos» (Mt 11, 25).