segunda-feira, 13 de setembro de 2010

13 de Setembro: a quinta Aparição

Das «Memórias da Irmã Lúcia» (pp. 169 - 171):

Dia 13 de Setembro de 1917 - ao aproximar-se  a hora, lá fui, com a  Jacinta e o Francisco, entre numerosas pessoas que a custo nos deixavam andar. As estradas estavam apinhadas de gente. Todos nos queriam ver e falar. Ali não havia respeito humano. Numerosas pessoas, e até senhoras e cavalheiros, conseguindo romper por entre a multidão que à nossa volta se apinhava, vinham prostrar-se, de joelhos, diante de nós, pedindo que apresentássemos a Nossa Senhora as suas necessidades. Outros, não conseguindo chegar junto de nós, chamavam de longe:

- Pelo amor de Deus! peçam a Nossa Senhora que me cure meu filho, que é aleijadinho!
Outro:
- Que me cure o meu, que é cego!
Outro:
- O meu, que é surdo!
- Que me traga meu marido...
- ... meu filho, que anda na guerra!
- Que me converta um pecador!
-Que me dê saúde, que estou tuberculoso!

Etc., etc.
Ali apareciam todas (as) misérias da pobre humanidade. (...) Chegámos, por fim, à Cova da Iria, junto da carrasqueira e começámos a rezar o terço com o povo. Pouco depois, vimos o reflexo da luz e a seguir Nossa Senhora sobre a azinheira.

- Continuem a rezar o terço, para alcançarem o fim da guerra. Em Outubro virá também Nosso Senhor, Nossa Senhora das Dores e do Carmo, S. José com o Menino Jesus para abençoarem o Mundo. Deus está contente com os vossos sacrifícios, mas não quer que durmais com a corda; trazei-a só durante o dia.

- Têm-me pedido para Lhe pedir muitas coisas: a cura de alguns doentes, dum surdo-mudo.

- Sim, alguns curarei; outros não. Em Outubro farei o milagre, para que todos acreditem.

E começando a elevar-se, desapareceu como de costume.


Reflexão

Dos «Apelos da Mensagem de Fátima» (pp. 143 - 150):

«Continuem a rezar o Terço, para alcançarem o fim da guerra» (Nossa Senhora, 13 de Setembro de 1917).

A Mensagem pede que continuemos a rezar o Terço, que é a fórmula de oração que está mais ao alcance de todos, grandes e pequenos, ricos e pobres, sábios e ignorantes; todas as pessoas de boa vontade podem diariamente rezar o seu Terço.

Mas porque é que a Mensagem nos pede para continuarmos a rezar todos os dias o nosso Terço? Porque a oração é a base de toda a vida espiritual: se abandonarmos a oração, vem-nos a faltar aquela vida sobrenatural que é haurida no encontro da nossa alma com Deus, porque este encontro realiza-se na oração. Vede o que Jesus Cristo recomendou: «Pedi e dar-se-vos-á; procurai e encontrareis; batei e abrir-se-vos-á. Pois, quem pede recebe e quem procura encontra; e ao que bate abrir-se-á» (Mt 7, 7-8). A oração é procura e encontro com Deus. Nós precisamos de procurar Deus para O encontrarmos, e a promessa lá está: «Quem procura encontra». Não é que Deus esteja longe de nós; nós é que nos afastamos de Deus e perdemos o sentido da Sua presença. Por isso, a Mensagem pede-nos a perseverança na oração, ou seja, que continuemos a rezar, para alcançar o fim da guerra.

Por certo que, no momento, a Mensagem referiu-se à guerra mundial que então afligia a humanidade. Mas esta guerra é também o símbolo de muitas outras guerras que nos cercam e das quais precisamos de conseguir o fim, com a oração e o nosso sacrifício. Penso nas guerras que nos movem os inimigos da nossa salvação eterna: o Demónio, o mundo e a nossa própria natureza carnal. (...)

Além das tentações do Demónio, temos as tentações do mundo que nos rodeia, sugestiona e ilude. Muitas vezes somos iludidos e enganados pelas vozes do mundo.

O mundo fala-nos de vaidades, riquezas, honras, modas, etc. Levados por estas vozes, queremos subir, parecer bem, atrair as atenções, ver-se cumulado de honras, possuir riquezas, passar por sábios, ocupar os primeiros lugares, mesmo à custa da justiça e da caridade. (...)

Como o Demónio e instigado pelos Demónios, o mundo rodeia-nos de inveja, ciúmes e ódio: «Se o mundo vos aborrece, sabei que, primeiro do que a vós, Me aborreceu a Mim. Se fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas, porque não sois do mundo, antes Eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos aborrece» (Jo 5, 18-19).

Deixai que vos repita, em palavras minhas, o que diz a Mensagem: Continuai a rezar, para conseguirdes a paz, para alcançardes vitória sobre as tentações e as perseguições. (...)

Por isso, nos diz a Mensagem: Continuai a rezar o Terço para alcançar o fim da guerra.

10 comentários:

Dulce disse...

Olá minha querida e amiga Mariam.
ontém estive em Fátima e ainda estou, como costumo dizer "fechada para obras":)que é o mesmo que dizer em reflexão por todo o dia maravilhoso que Jesus e a nossa Senhora me proporcionaram.
No entanto, quando vi o cabeçalho da tua postagem corri a lê-la e sinto como um complemento ao dia de ontém. Reforçou a necessidade de oração, tanta vez relegada para outros planos e também reforçou em mim a realidade desta dádiva da nossa Mãe ao se revelar no nosso País. Quantas vezes se torna difícil para nós, entorpecidos pelo mundo, alcançar a dimensão desta graça? e quantas vezes não deveríamos louvar por Ela e não o fazemos?
Que a nossa Senhora nos dê a preserverança na fé para que possamos, também nós, apresentar as boas obras.
Minha querida, obrigado por tão belíssima partilha.
Um abraço com Cristo e Maria

Mariam disse...

Querida Dulce,

Hoje, não podia deixar terminar o dia sem postar algo sobre as Aparições, sobre a Mensagem de Fátima: mais que um apelo foi também, uma necessidade - para mim, para ti, para outros. Que alegria teres estado em Fátima!

De facto, Nossa Senhora prometeu dar-nos a Paz, a Paz que é Cristo Jesus. E eu reforçaria outra ideia, como complemento à oração do terço e que é uma atitude de vida, uma atitude interior, tão bem ensinada pela Mestra da «pequena via» - Sta. Teresa do Menino Jesus -: a atitude de confiança e a atitude de abandono.
No meio de todas as tempestades se dissermos: Jesus, eu confio em Ti; eu me abandono a Ti, e só a Ti, etc....Quanta Paz não sentimos! Só temos a ganhar: logo se desvanecem as ansiedades, as preocupações pois, estamos no Coração de Deus pelas mãos maternais de Maria Santíssima.

Deus nos abençoe!

Um grande abraço em Cristo e Maria!

Sinais no Mundo... disse...

Que Nossa Senhora das Dores vos abênçõe.

Emane deste blog, como sempre, a Luz das Sete Dores de Maria como Discípulo Perfeito de Cristo.

Sinais no Mundo... disse...

" Eu Sempre quis ser Santa." - Santa Teresinha do Menino Jesus e da Santa Face.


Um Santo Dia com Tudo de Bom e Bem...

Mariam disse...

Sinais no mundo:

Caríssimo,

Bem-haja pelas palavras sempre sábias e conselheiras que deixa quando por aqui passa!

Deus nos abençoe!

Sinais no Mundo... disse...

Oh, Que Grande é o poder da Oração..." - Santa Teresinha do Menino Jesus.


Rezo pela tua Santidade.

Sinais no Mundo... disse...

Boas!

Após o que li apenas deixo registado neste Belo e Acolhedor espaço: (...) Eu te Bendigo ó Pai por aquilo que revelaste aos pequeninos e humildes e escondeste aos Sábios e Inteligentes.

Bem-Aventurados os Mansos e Humildes de Coração por que deles é o Reino de Deus.

Eis aqueles que acolhem, diariamente, o Amor do Pai em Nós através do Seu filho Jesus Cristo para a Ressurreição acontecer no Amor ao Próximo...

(...) As aves têm os seus ninhos as raposas as suas tocas e o Filho do Homem não têm onde descansar a cabeça.

Meu Deus e meu Senhor tu que estás em mim faz com que as nossas Orações sejam sempre para não termos onde descansar a cabeça. Caso contrário a nossa fé ainda é muito infantil...

Que todos sejamos um Instrumento da Tua Graça. Amém.

Sinais no Mundo... disse...

Estive aqui como sempre e quero desejar-te tudo de Bem...

Sê Santa...

Ps: Peço desculpa do àparte acho que te vi em Fátima - Capelinha das Aparições - no princípio de Julho ou Agosto.

Um segredo " Público " tenho dois filhos o Nuno Branco e a Joana Branco. O primeiro é Jesuíta e estuda Teologia em Madrid. Com a Graça de Deus será ordenado Diácono em 2011 em 2012 Sacerdote, co-autor do Blog Toques de Deus.

A Joana é Carmelita. Entrou 1999, no Convento de Santa Teresa em Coimbra. Nome de Religiosa Irmã Joana Maria do Santíssimo Sacramento...

Será que ao revelar este Segredo do Céu o Divino Espírito Santo Actuará de onde quer e como quer...

Rezo por Eles e por Ti.

www.carmelitas.pt

Sinais no Mundo... disse...

No próximo dia 1 de Outubro é a Festa Litúrgica de Santa Teresinha do Menino Jesus, O.C.D.

-Doutora da Igreja;

-Nascimento 2 de Janeiro de 1873 em Alençon, Baixa-Normandia
França;

-Falecimento 30 de Setembro de 1897 em Lisieux, Baixa-Normandia
França;

-Veneração por Igreja Católica
Canonização 17 de Maio de 1925, Roma por: Papa Pio XI

-Festa litúrgica 1 de outubro
Atribuições Rosas, História de Uma Alma;

-Padroeira Missionários católicos, Rússia;

Preparemo-nos, assim, para uma grande "Chuva de Graças".

Mariam disse...

Sinais no mundo,

Claro que sei quem é! Que surpresa! Bem-haja pela partilha, pela revelação desse segredo!

Agradeço muito a oração que faz por mim. Contarei sempre com ela. Sim, a santidade há-de ser a meta, sempre, no seguimento de Cristo Jesus.

É natural que me tenha visto. Mas, nestes últimos meses foram tantos os peregrinos que, não o vi. Aliás, não o vejo há já imenso tempo!

Parabéns pelo dom da vocação de seus filhos!

In Corde Iesu et Mariae!